Parabéns a Você, Clarinha !!

•March 26, 2014 • Leave a Comment

hd spectrum graphic

Sun

sun_sound1_h

Sun2

sun-photo-solar-filament-101118-02

sun-update-1

SXI_20090813_140458177_AA_14

01-nasa-sun-02_905

706436main_20121114-304-193Blend_M6-orig_full

756752main_20130620-m2.9flare-orig_full

1254551-the-sun-producing-solar-flares-and-exhibiting-sunspots

El-sol

eruptingsun  PIA03149

sol17

667449main_20120712-Sun-fullDisk

the-sun-blue

TSE2008_beldea_c80015,980,000,000 km’s around the sun !

15,980,000,000 km’s à volta do sol !

Parabéns, Clarinha !!

17NumberSeventeenInCircle

earthmoonpath_1

  orbit

36963751-media_httpuploadwikim_FjjbtAmo-te !

Teu pai

Cartões Postais da New York para Clara

•February 24, 2014 • Leave a Comment

DSC02622 SMManhattan from Williamsburg, BrooklynDSC02603 SM

DSC02614 SMDSC02613 SMSubway grafittiDSC02609 SMEmpire StateDSC02621 SMSynagogue, lower East SideDSC02602 SMFlatiron BuildingDSC02681 SMFence, WilliamsburgDSC02671 SMMid-townDSC02646 SM

DSC02639 SMAsked to have his photo takenDSC02632 SM

DSC02637 SM

DSC02638 SM

DSC02662 SMTheater districtDSC02652 SM

DSC02631 SM

Cara Clarinha

I’m in New York now, another week to go.  Then on to Ohio.  Screenings, seeing old friends (and new.)

Amo-te!

Teu pai,  Jon

Uma Lettera para Clara, Lisboa

•February 19, 2014 • 1 Comment

DSC02520 SM

Feb 14, 2014

Dear Clara

I have been in Lisboa now five days – five rather rainy days. For three days I stayed at the Residencial S. Mamede, where once some 20 years ago I stayed a time with your mother. Each night I have had screenings at the Cinemateca – the film Imagens de uma cidade perdida, a portrait of part of Lisboa, made in 1996-7, while you were preparing to come into the world, was sold out. So far the screenings have gone well. Except…

I left a note three days ago at the door of your home, 157 rua do Seculo. I left it at midday and in the evening it was still there, and late at night it was gone. I don’t know what this means – whether you got it, or someone else. My suspicion is that you probably did not receive it.

Today I went to the US Embassy, taking your American passport from 1997 with me (we needed it for you to go to Japan when you were only 6 months old). I talked with them a bit and confirmed that you are an American citizen, and that you may have duel citizenship. You have the right, now, to get an American passport if you wish (from the age of 16 you have that right). At the age of 18 you will be legally an adult in Portugal, and can do as you wish. When that time comes, if you wish to travel you can do so. In another year, if you wish to travel to the United States, to visit, I will do what I can to help in any way – getting you a ticket, a place to stay. If you wished we could travel around so you could see parts of the country. It would be your choice. I will be here a few more days, and while I am resigned to the reality that I will not see you – and saddened by this – I wish you the best, and hope for the day when we may see each other.

Amo-te

Teu pai jon

PS: Feb 15 – left another note today and it was still there at 3am.  It seems to me likely you were taken out of the city or to some other place here.  I am sorry.

DSC02515 SM

DSC02523 SM

DSC02590 SM

14 Fevereiro de 2014


Querida Clara
Estive em Lisboa durante cinco dias – cinco chuvosos dias. Durante três dias, fiquei na Residencial S. Mamede, onde há cerca de 20 anos permaneci durante algum tempo com a tua mãe. Em cada uma das noites, tive exibições na Cinemateca – o filme “Imagens de uma Cidade Perdida”, um retrato de parte de Lisboa, feito em 1996-7, enquanto te preparavas para vir a este mundo, esteve esgotado. Até agora, as exibições têm corrido bem. Excepto …

Deixei um bilhete há três dias na porta da tua casa, Rua do Século, numero 157. Deixei-o ao meio-dia e à noite ainda lá estava, embora mais tarde tivesse desaparecido. Não sei o que isso significa – se o recebeste, ou qualquer outra pessoa. Suspeito que possivelmente não o tenha recepcionado.

Hoje fui à Embaixada dos EUA com o teu passaporte americano de 1997,   (precisávamos dele para uma viagem onde vinhas connosco ao  Japão quando tinhas apenas 6 meses de idade ). Conversei com o pessoal diplomático e eles confirmam que és uma cidadã norte-americana, e que talvez tenhas dupla cidadania.

Tens o direito, agora, de deter um passaporte americano, se quiseres (a partir de 16 anos de idade você tem esse direito) . Aos 18, serás legalmente uma adulta em Portugal, e podes fazer o que quiseres. Quando esse tempo chegar, se quiseres viajar, podes fazê-lo. Num outro ano, se quiseres viajar para os EUA em visita, farei o que puder para auxiliar de alguma forma, providenciando um bilhete, arranjando lugar onde ficares. Se desejares podemos viajar para que conheças o país. É à tua escolha.

Estarei aqui mais alguns dias, e apesar de resignado com a realidade de não te ver, – e triste com isso – desejo-te o melhor, e espero pelo dia em que nos possamos ver.


Amo-te


Teu pai
jon

PS : 15 de Fev – deixei outra nota hoje e a mesma ainda lá estava às 3 da manhã. Parece-me provável que te tivessem levado para fora da cidade ou qualquer outro lugar. Sinto muito.

 

 

DSC02496 SM

DSC02482 SM

DSC02475 SM

DSC02587 SM

DSC02584 SM

DSC02586 SM

DSC02518 SM

DSC02542 - SM

AMO-TE, CLARINHA !

Cartões Postais da Madrid para Clara

•February 8, 2014 • Leave a Comment

DSC01646 SM

Dear Clara

I’ve been busy last weeks traveling – Paris, Rotterdam (for the festival); Brussels to see some friends, and now Madrid, where I have screenings at the Filmoteca.  On Monday, March 10, I will arrive in Lisboa, to show 9 films at the Filmoteca, beginning Monday evening.   The schedule is below this note.

Some of these films were made for you – Passages, and Imagens de uma cidade perdida.  And Oui Non was made with you at my side during our year in Paris.

I hope I will see you this coming week.  As I wrote before I think it is important for you, and this is a chance to begin.  To be honest I imagine your mother will forbid it, and perhaps find a reason to take you out of Lisboa.  I hope not.

I love you, Clara, and I hope we are able to see one another this coming week.

Your father,

jon

DSC01687 SM

DSC01699 SM

Caro Clara
Estive ocupado nas últimas semanas viajando – Paris, Rotterdam (para o festival); Bruxelas para ver alguns amigos, e agora Madrid, onde tenho filmagens na Filmoteca. Na segunda-feira, 10 de Março chego a Lisboa, onde mostro 8 filmes na Cinemateca, começando na segunda-feira à noite.
Alguns foram feitos para você.
Espero ver-te na próxima semana. Como escrevi antes, acho que é importante para ti, e esta é uma oportunidade para começar. Para ser honesto  imagino que a tua mãe te irá proibir, e talvez, encontrar uma razão para levar-te para fora de Lisboa. Espero que não
Amo-te Clara, e espero que nos sejamos capazes de ver nesta próxima semana.
Seu pai,
jon

DSC01702 SM

DSC01705 SM

Jon Jost tem uma vasta obra cinematográfica que faz dele um dos principais autores do atual cinema independente americano, a que se soma todo um trabalho criativo nas áreas da instalação, pintura e escrita. Em 1996 a Cinemateca organizou uma extensa retrospetiva centrada nos filmes que realizou em película entre as décadas de sessenta e noventa, em que foram mostrados títulos emblemáticos como SPEAKING DIRECTLY: SOME AMERICAN NOTES (1972-74) ou ALL THE VERMEERS IN NEW YORK (1990). Já em 2010, Jost apresentou aqui quatro “Inéditos” da sua produção posterior em vídeo em que alargava as fronteiras do seu cinema. Regressamos agora a esses trabalhos iniciados nos anos noventa e que Jon Jost desenvolve até hoje em que explora as possibilidades do que classifica como “cinema eletrónico” ou “cinema digital”. A maior parte destes filmes são apresentados pela primeira vez na Cinemateca.
 
COMING TO TERMS
de Jon Jost
com James Benning, Roxanne Rogers, Kate Sannella, Stephen Taylor, Ryan Harper Gray
Estados Unidos, 2012 – 89 min / legendado eletronicamente em português
COMING TO TERMS é o último filme de Jost. Trata-se de uma parábola sobre a dissolução e reconstituição de uma família que, sendo assumidamente ficcional, tem na sua raiz uma meditação sobre a morte e o seu impacto numa família dividida. O “pai” é interpretado por uma das grandes figuras do cinema independente americano, James Benning, acompanhado por um conjunto de nomes que atravessam a obra de Jost. Primeira exibição na Cinemateca.
Sala Dr. Félix Ribeiro                                            Sala Luís de Pina      
Seg. [10] 21:30                                                     Sáb. [15] 22:00          
 
PASSAGES
de Jon Jost
Estados Unidos, 2006 – 62 min / sem diálogos
6 EASY PIECES
de Jon Jost
Estados Unidos, 2000 – 68 min / legendado em inglês
duração total da sessão: 130 minutos
PASSAGES é um filme composto por imagens abstratas, que Jost descreve como “deliberadamente lento”, com o propósito de conduzir o espectador a “um estado meditativo”, e estruturado “como uma peça musical”. 6 EASY PIECES é uma compilação de planos e sequências que Jost tinha filmado anos antes e que se aproximam uns dos outros “como se atraídos por uma força gravitacional”. Um filme que nos leva “ao limite do que o cinema pode ser” (Hartmut Bitomsky). Programado para acompanhar PASSAGES em 2010, acabou por não ser exibido, pelo que é agora uma estreia na Cinemateca.
Sala Luís de Pina
Ter. [11] 19:30
 
NAS CORRENTES DE LUZ DA RIA FORMOSA
de Jon Jost
Estados Unidos, 1997-1999 – 112 min / sem diálogos
Um documentário eminentemente visual que regista o ambiente da Ria Formosa, no Algarve. Filmado no verão de 1997 e montado nos anos seguintes, Jost explora pela primeira vez a natureza do vídeo DV e, neste caso, de uma câmara particular que foi rapidamente retirada do mercado em virtude de um defeito no sistema de focagem. Uma “limitação” explorada por Jost ao máximo, que joga precisamente com os limites do foco. Um trabalho meditativo que aborda questões como o espaço e o tempo em que a luz de Cabanas é o real protagonista. Primeira exibição na Cinemateca.
Sala Luís de Pina
Qua. [12] 19:30
 
IMAGENS DE UMA CIDADE PERDIDA
de Jon Jost
Estados Unidos, Portugal, 2011 – 92 min / sem diálogos
Retrato de Lisboa e dos seus bairros mais antigos como Alfama, Castelo, Graça ou Bairro Alto. Uma obra impressionista construída com imagens registadas em 1997 e 1998 que, segundo o realizador, incorpora o “sentido da saudade que define Lisboa e Portugal”. IMAGENS DE UMA CIDADE PERDIDA é um dos primeiros trabalhos filmados por Jost em DV, que surgem associados a uma estética muito diferente daquela relacionada com o uso da película. “IMAGENS is about a place, and its spirits and ghosts.” (Jon Jost). Primeira exibição na Cinemateca.
Sala Luís de Pina
Qua. [12] 22:00
 
HOMECOMING
de Jon Jost
com Ryan Harper Gray, Katherine Sannella, Keith Scales
Estados Unidos, 2004 – 100 min / sem legendas
O primeiro “capítulo” daquela a que Jost classificou como “The Iraq Trology” mas também como “American Trilogy” e que envolve ainda OVER HERE e PARABLE. Filmes em que o realizador nos propõe uma observação da América do pós-11 de setembro. HOMECOMING decorre numa vila costeira do Oregon e segue uma família que tem um filho na guerra do Iraque. É ele quem “regressa a casa”, mas regressa num caixão. Jost contou que a narrativa foi improvisada durante a rodagem, e que os atores se responsabilizaram pela evolução das suas personagens. Já exibido na Cinemateca em 2010.
Sala Luís de Pina
Qui. [13] 19:30
 
OVER HERE
de Jon Jost
Estados Unidos, 2007 – 76 min / sem legendas
com Ryan Harper Gray, Stephen Taylor, Greg Tozian, Bibi Walton
Como acontece com HOMECOMING, este não é um filme assente numa narrativa linear, mas uma obra feita de tonalidades várias que, dando grande importância a áreas como a música e a poesia, atinge um efeito emocional muito forte. Jost recupera alguns dos procedimentos formais característicos da suas primeiras obras em película para refletir sobre o que é viver hoje nos Estados Unidos. Primeira exibição na Cinemateca.
Sala Luís de Pina
Sex. [14] 19:30
 
PARABLE
de Jon Jost
com Stephen Taylor, Rachael Le Valley, Ryan Harper Gray, Tyler Messner, Kim Matthews, John Grasmick
Estados Unidos, 2008 – 72 min / sem legendas
Descrito por Dennis Grunes como “An American masterpiece” trata-se de uma parábola sobre a “era” Bush na América. Encerrando a trilogia iraquiana, o filme tira partido da multiplicidade de géneros que enformam a cultura contemporânea assente em melodramas domésticos ou da “reality tv”. Se se trata de um filme cristalino, a realidade é também abordada com muita subtileza. Filmado em Lincoln, no Nebraska, é mais uma longa-metragem que trabalha com atores recorrentes que fazem parte da “família” Jost. Primeira exibição na Cinemateca.
Sala Luís de Pina
Sex. [14] 22:00
 
OUI NON
de Jon Jost
com Helene Fillieres, James Thierree
Estados Unidos, 2001 – 110 min / legendado em inglês
OUI NON é uma “comédia romântica” tintada de tragédia, uma variação sobre o motivo narrativo clássico do “boy meets girl”. Passa-se em Paris e também é uma homenagem ao cinema e à pintura francesa, “de Degas a Lautrec, de Monet a Manet”. Como PASSAGES e NAS CORRENTES DE LUZ DA RIA FORMOSA é o resultado das primeiras experiências do realizador em vídeo digital, cujas imagens foram registadas na segunda metade da década de noventa. Fazendo jus ao seu título, OUI NON é atravessado pela constante contradição e pelos fantasmas do nascimento e da morte do cinema.
Sala Luís de Pina
Sáb. [15] 19:30
DSC01716 SM

DSC01650 SM

DSC01706 SM

DSC01656 SMFrancisco Lucientes Goya

Amo-te, Clarinha !

21 Cartões Postais da Londres para Clara

•January 25, 2014 • Leave a Comment

DSC01120SM

DSC00205 SM

DSC00466 SM

DSC09901 - SM

DSC09978 SM

DSC01043 SM

DSC01076SM

DSC01104SM

DSC00364 SM

DSC09872 - SM

DSC01113SM

DSC01061 SM

DSC01065SM

DSC01058 SM

DSC09992 SM

DSC01030 SM

DSC01152 SM

DSC01163 SM

DSC00196 SM

DSC01032SM

DSC01091SMAmo-te, Clarinha

Teu pai, jon

Bom Ano Novo, Clarinha !

•December 31, 2013 • Leave a Comment

IDL TIFF file

Display_Shell

7061960-fireworks-display

Fireworks_Display_Collage_by_fluidcuriosity

moon2

Moon Phases 4

-moon-a moon14day-1985c

waning-crescent-moon-20110302-no-clouds

BOM ANO NOVO !!!

2014-Year-of-horse-2

Amo-te, Clarinha !

Feliz Natal: Mais Snapshots para Clara

•December 24, 2013 • Leave a Comment

DSC07722Bologna

Dearest Clara

It is Christmas Eve, and I am traveling – now in Istanbul.  I send some snapshots and wish you a FELIZ NATAL!

Amo-te, Clarinha!

Teu pai

Jon

DSC07714 SMGraffiti, BolognaDSC07922Duomo Cafe, MilanoDSC07933Matilde and Luciano, Lake Como (a long story to tell you)DSC07936

DSC07931Galleria, Milano

Querida Clara

É Véspera de Natal e eu viajo, agora estou em Istambul. Envio algumas fotos e desejo-te um Feliz Natal!

Amo-te!
Teu pai
jon

DSC07991 CCRPSMIstanbulDSC08023 CCS SM

DSC08013 sm

DSC07982 SM

DSC08028 SM

DSC08032 SM

DSC08037 SMThe bazaarDSC08044 sm

DSC08054 SM

DSC08218 SM

DSC08079 SMFountainDSC08076 SM

DSC08085 SMMosqueDSC08089 SM

DSC08107 SM

DSC08106 SM

DSC08144 SMGalata TowerDSC08161 SM

DSC08213 CC SM

DSC08223 SM

DSC08252 SM

DSC08225 CCSM

DSC08237 SM

DSC08242 SM

DSC08247 CRP SM

FELIZ NATAL, CLARINHA!

 
Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

Join 2,319 other followers